Nicho de mercado: o que é e para que serve?

Nicho de mercado: será que é tão importante ter um? Como eu faço para definir o meu?

Se você está entrando no mercado ou já está há um tempo mas ainda não definiu o seu nicho, saiba que esse é um passo essencial para que você consiga vender os seus serviços e produtos para as pessoas certas.

Mas afinal, o que é nicho de mercado?

De uma maneira muito objetiva: nicho de mercado é uma segmentação do mercado dentro da sua área de atuação. 

Imagine que você é um Personal Trainer.

Você vai atender todos os tipos de pessoas (homens, mulheres, obesos, que querem “definir”, atletas, jovens, mais velhos, etc) e concorrer com a cidade toda, ou vai focar em um tipo de pessoa que você realmente gosta e consiga dar bons resultados?

Por exemplo: Personal trainer > para mulheres acima dos 40 > que tem dificuldade em emagrecer e manter o peso.

Ou ainda: personal trainer > para mulheres acima dos 40 > que tem dificuldade em emagrecer e manter o peso > e que não gostam de treinar na academia (ginásio).

Bem específico né?!

Ao nichar o seu negócio você consegue atrair mais pessoas daquele perfil, ter mais resultados e se tornar uma referência em um mercado específico.

Mas se eu nichar, não vou poder atender outros casos?

Definir o seu nicho não significa que você não poderá atender casos que não sejam do tipo que você está tentando se especializar. Quem definirá isso, será você.

Talvez no começo você aceite uma pessoa ou outra que não se encaixa naqueles “pré requisitos” mas, depois de um tempo você terá uma procura tão grande que não ficará indeciso em aceitar ou não aquele trabalho… Você simplesmente não terá tempo para aceitar esse tipo de cliente.

E então, como eu defino o meu nicho?

Antes de mais nada você precisa avaliar de forma sincera as suas capacidades e preferências! Definir um nicho só porque ele “dá dinheiro” não é a decisão mais sábia… porque quando você estiver ganhando muito dinheiro não vai ter motivação para continuar melhorando (já que o dinheiro já está ali) e sem motivação você vai ficar parado no mesmo lugar e correr o risco de perder a sua referência!

Então abaixo deixo 9 perguntas para que você faça a si mesma e que te ajudarão a encontrar um nicho:

  1. Quais são os meus conhecimentos? No que eu sou realmente boa?
  2. Quais são as minhas experiências? Quais são as minhas superações?
  3. Por que eu quero trabalhar nesse mercado?
  4. Quais os problemas que essas pessoas têm e que eu poderia ajudar?
  5. Eu realmente sou capaz de ajudar pessoas com esses problemas?
  6. Onde estão essas pessoas que pagariam por meus serviços?
  7. O que já tem no mercado (concorrência)?
  8. Qual será o meu maior diferencial?
  9. Existem pessoas que pagariam por tudo isso?

Quando você definir o seu nicho as coisas não vão ficar mais fáceis… elas vão ficar mais claras!

Você terá clareza em saber quais caminhos seguir, como se comunicaro que você precisa aprender para chegar nos seus objetivos, vai saber onde gastar ou não dinheiro e tempo para atrair os clientes certos e atingir os seus objetivos.

O caminho nunca vai ser fácil e como tudo na vida… não existe fórmula mágica. Mas trabalhar com o que nos identificamos e poder fazer a diferença na vida das pessoas (de alguma maneira) vai deixar o caminho mais leve.

E por último: você não precisa ficar no mesmo nicho para sempre… as pessoas mudam, o seu negócio também e você também… saiba se adaptar sem perder a sua essência.

Juntas somos melhores 💪🏼

O que é linha editorial e como utilizá-la nas redes sociais

A linha editorial é utilizada para ajudar a direcionar a criação dos seus conteúdos para blogs, websites, revistas e também redes sociais.

Vamos imaginar o seguinte: sabe quando entramos em um site de notícias e ele está dividido em várias sessões como: política, esportes, economia, entretenimento, horóscopo e classificados, por exemplo?

Cada sessão dessa é uma linha editorial e dentro da linha editorial tem os temas que podem variar de acordo com o foco daquela sessão.

Porque fazer linha editorial para as redes sociais? 

Ao definir quais serão as linhas editoriais que você vai seguir nas suas redes sociais (por exemplo), você consegue listar quais os tópicos importantes dentro de cada uma delas e transformá-las em conteúdo. E eu te garanto, isso vai facilitar muito a criação de conteúdo no dia a dia.

Além disso, você consegue:

  • Entender cada vez melhor o seu público alvo e cliente ideal;
  • Direcionar todo o conteúdo para pessoas realmente interessadas no assunto (e possíveis compradoras dos seus serviços);
  • Construir um posicionamento direcionado e se tornar uma referência nos assuntos em que é especialista;
  • Se destacar da concorrência de maneira direcionada;
  • Ter mais facilidade na hora de criar conteúdos para diversas plataformas;

Porém não pense que é só isso! Antes de definir as suas linhas editoriais você precisa ter muita clareza sobre:

  • os seus serviços;
  • o seu nicho;
  • quem é a sua persona;
  • o seu mercado em geral;

Saber esses pontos com clareza faz com que fique mais fácil de estruturar a sua linha editorial de forma mais assertiva e criar conteúdos para cada um dos tópicos de forma descomplicada.

E se eu precisar mudar?

Não há problema nenhum!!! Assim como o nosso negócio cresce e amadurece, a nossa persona também e assim, a nossa linha editorial também. 

Defina pelo menos um período mínimo de três meses para seguir aquelas linhas definidas para poder analisar os resultados de cada tipo de conteúdo. Se for preciso, mude após analisar todos aquelas fatores novamente. Mudar por mudar não é a solução.

Não existe uma fórmula mágica!

Cada negócio precisa encontrar uma quantidade de linhas editoriais que seja realizável – nem mais, nem menos do que consegue se dedicar a cada uma delas.

Um conteúdo bem planejado e organizado tem o poder de atrair as pessoas certas para o seu negócio… isso tanto nas redes sociais quanto no seu website ou blog.

Se você entendeu a importância da linha editorial para a criação de conteúdo, já está à frente da sua concorrência – e estará mais perto de construir o seu posicionamento de forma relevante e que te dê retorno!

Gostou desse conteúdo? Me conta nos comentários! 

Marina Carizani | @projetocomunik

Juntos somos melhores 💪🏼